Serviços Consignação de Veículos

Se você tem um veículo para vender, não pense duas vezes e traga ele agora aqui na Casty Motors! Nós avaliaremos seu carro, procurando valorizá-lo o máximo possível em relação ao seu valor de mercado. Entre em contato e saiba mais.







    O Que É Consignação

    O Que É Consignação

    A consignação consiste na ação de deixar um carro seminovo em uma concessionária ou loja — para que seja revendido e, nesse caso, o estabelecimento comercial escolhido serve como um intermediador. Para quem está com um veículo parado há muito tempo, esta é uma ótima opção para realizar a venda.

    Esta ação não consiste apenas em deixar o carro na loja ou concessionária para que ele seja vendido, mas sim na elaboração de um contrato estipulando como essa parceria irá funcionar — o que chamamos de contrato de consignação.

    Nesse contrato, estão presentes o consignante (proprietário do automóvel) e o consignatário (loja ou concessionária que receberá o carro). As partes envolvidas terão obrigações mútuas que devem ser discutidas antes de qualquer acordo ser oficializado.

    Venda Consignada

    Venda Consignada

    A venda consignada é considerada um acerto comercial no qual um vendedor envia produtos a um comprador ou revendedor — que faz o pagamento somente quando os bens em questão são vendidos. Neste caso, o vendedor continua sendo o proprietário das mercadorias, até que elas sejam pagas na sua totalidade.

    Na consignação, o dono da revenda sempre fica com uma parte do dinheiro, que é utilizada para possíveis despesas com o automóvel, como o pagamento da comissão do vendedor, impostos, entre outros.

    Um dos principais benefícios desse processo é o fato da pessoa não precisar se preocupar em negociar o seu veículo, uma vez que a loja fica encarregada pela garantia e qualquer eventual responsabilidade sobre o automóvel.

    Contrato de Consignação de Veículos

    Contrato de Consignação de Veículos

    Na hora de preparar o contrato de consignação de veículos, além dos dados pessoais, existem documentos obrigatórios que comprovam as condições do automóvel e do negócio em si, são eles:

    • Detalhes do carro: marca, placa, ano, cor, etc;
    • Valor: precisa ser acordado entre o consignante e o consignatário o valor da venda do automóvel;
    • Tempo para venda: em média, o prazo da venda é de 30 dias;
    • Comissão: é importante definir o valor que o consignatário recebe sobre a venda;
    • Prazo vencido: é fundamental registrar que, caso o prazo de venda vença, o veículo deve ser devolvido ao proprietário sem a cobrança de qualquer tipo de taxa o comissão;
    • Condições do Veículo: a loja deve avaliar totalmente as condições do carro e elaborar um acordo para possíveis reparos;
    • Determinar como será o procedimento em caso de desistências: se houver desistência durante o prazo de venda, é permitido a rescisão contratual sem ônus, contanto que a condição de pré-avisar a outra parte por escrito e com antecedência de, no mínimo, 3 dias, seja cumprida.

    Após a venda, transfira o automóvel

    Após a venda, transfira o automóvel

    Se a consignação do carro transcorreu bem, ou seja, o veículo foi vendido, não demore para realizar a transferência do mesmo. Dessa forma, ao regularizar a documentação, você evita que possíveis multas e outros problemas sejam de sua responsabilidade, mesmo que o carro já esteja com o novo dono.

    Obrigações do consignante

    Obrigações do consignante

    O consignante tem como obrigação legal:

    • Descrição do veículo: marca, placa, chassis, ano, cor;
    • Detalhamento de possíveis equipamentos e acessórios instalados no veículo;
    • Sinalização do estado atual do automóvel ;
    • Registro da quilometragem rodada.

    Obrigações do consignatário

    Obrigações do consignatário

    Entre as obrigações do consignatário, está o cuidado do veículo entregue. Além disso, ele deve repassar o pagamento da venda do veículo e, caso não seja efetuada, preciso devolver o automóvel sem qualquer ônus – a não ser que um acordo diferente tenha sido elaborado.

    A combinar entre os dois

    A combinar entre os dois

    É muito importante que o consignante e o consignatário definam um prazo para que a venda ocorra e que o vendedor possa estipular um preço mínimo e máximo, e o consignatário, o percentual de comissão da loja.


    Conheça nosso canal no YouTube

    Olá!
    Gostaria de receber uma ligação gratuita?

    Gostaria de receber uma ligação gratuita?

    telefone